Seguidores

25 de out de 2010

DE ONDE VEM O ARCO-ÍRIS

"Kika em: DE ONDE VEM O ARCO-ÍRIS"? da Ed. PandaBooks.


Desta vez, muito mais à vontade saí pela loja e, pelo Shopping convidando o público à participar da apresentação de Contação de Histórias, parceria da Livraria Saraiva com a Editora PandaBooks.
Famílias que já estavam de saída, voltaram para nos prestigiar; quem estava chegando fez do Espaço Kids "a primeira parada"; fora da loja, "pesquei" uma boa quantidade de público infantil e adulto de qualidade que deixavam as mesas das praças de alimentação... Seguiram direto pra loja! Foi bom. Público reunido. Começamos a apresentação:
Primeiro demos um nome à menina curiosa que gostava de fazer perguntas difíceis e... cujas respostas não a convenciam.
O nome escolhido pelo público foi "CAROL" e eu a representei com um chapéu enfeitado com flores artificiais coloridas.
Então perguntei quem das crianças grandes e pequenas ali presentes, se lembravam de ter feito perguntas 'difíceis de responder' com respostas 'difíceis de convencer'???
A mamãe da CAROLINA (menina que escolheu o nome da menina curiosa), disse que a filha de + ou - 4 anos não entendia porque não podia voar até "o infinito do céu"!
Um pai, revelou que quando bem pequeno, também tinha um grande desejo de voar, como o superhomem. E que também não entendia porque a mãe nunca deixou (ainda bem né?), nem mesmo quando ele colocava um lençol no pescoço.
Um pré-adolescente, disse que quando criança, sempre que ia a qualquer hipermercado com a mãe, se perdia dela propositadamente. Só depois de bastante tempo, contou a ela que na verdade, ficava procurando no setor de ítens masculinos, entre meias e camisas, onde teria um PAI pra ele colocar no carrinho, já que o PAI dele faleceu antes de ele nascer.
Foi então que alguém teve a brilhante idéia de me perguntar: Se... Eu (ELIANA) me lembrava da "minha pergunta mais difícil"!
Ahhhh! Assim, não vale!!!
Bom, mas eu me lembro sim: Eu queria saber onde era o fim do mundo??? Fiz a pergunta ao meu PAI que usou uma bolinha de gude pra representar o Globo Terrestre e me explicou que, se eu pudesse andar sempre em frente e chegar no mesmo lugar de onde saí, alí seria o começo e o fim do mundo! NOSSSSSSA! O meu PAI era o homem mais inteligente do mundo! Ele não só sabia onde era o fim do mundo como também, sabia onde era o começo!!! O meu PAI era o máximo!!!

"CAROL" viu um arco-íris e, queria saber de onde vem?
A resposta da mãe: O arco-íris vem da chuva CAROL!!! E outras respostas foram surgindo, vindas de outros pais: do esguicho da mangueira que rega o jardim ou, da queda das águas das cachoeiras ou...!
Mas a resposta da mãe de "CAROL" não a convenceu.
Seu amigo Sol Falante, explicou que: quando a sua luz branca atravessa a gota de água, essa luz se divide em várias cores (vermelha, laranja, amarela, verde, anil, azul e violeta) e, muda de direção, formando o arco-íris!
Foi então que apareceu o simpático Sr. Isaac Newton que continuou explicando à "CAROL" que foi "ele" quem conseguiu descobrir e separar as cores do arco-íris e, que colocando um pouco de cada cor-pigmento num disco (que costumamos chamar de disco de Newton) e girar com muita força, as cores se misturam e, com a velocidade (cor luz), voltam a se tornar uma só: Branca. Como no início.


Eu (ELIANA), novamente não consegui girar o disco com tanta força.

Ouvi um burburinho de que seria necessário aplicar mais força para conseguir o efeito desejado...

Passei o disco para o pai da CAROLINA: Ele conseguiu!!! Oba!!!

Depois, o pai da Giovanna também quis experimentar e, conseguiu!!! Bacana!!!


Ahhh, daí... as crianças pequenas também quiseram experimentar

Apresentei ao público o livro "Kika em: DE ONDE VEM O ARCO-ÍRIS"? da Ed. PandaBooks.


Nenhum comentário: