Seguidores

13/11/2014

Voltando... Cheia de NOVIDADES!!!

Quando em ocasião do falecimento de MÃEZINHA eu já estava com problemas nas cordas vocais que também tem fundo emocional. Lá se vai mais de um ano e eu ainda em tratamento, ESTOU DE VOLTA AO BLOG. Muita coisa aconteceu nesse período, coisas boas e coisas não tão boas.
Ainda no dia do sepultamento de minha mãe, dia 20 de agosto de 2013, tivemos uma apresentação do espetáculo QUE VIDA VOCÊ PODERIA TER? Era o nosso trabalho de conclusão de módulo. Saí do cemitério direto para o teatro. Eu e mais duas colegas interpretamos uma cena da peça Suburbano Coração de Plínio Marcos. Foi difícil, mas foi.


Eu era TRUDES


Uma moça FOGOSA, que usava seu leque quase que o tempo todo, rsrs.




No módulo seguinte, ainda no curso de teatro, tivemos que escolher uma peça que seria o nosso trabalho final. Cada um da levou algumas sugestões e, por fim, venceu a maioria com a peça O BALCÃO-Jean Genet. Mesmo após o período de recesso que tivemos, eu ainda estava triste demais para interpretar qualquer coisa, então, pedi ao professor que me de deixasse ser um lustre, uma pedra, rsrs... E ele deixou.

Interpretei A MUSA, uma estátua.  


Tive problemas no módulo seguinte... Módulo VIII Reprovada!!! Em agosto comecei um curso de Corte e Costura para futuramente enveredar pelos caminhos de figurinos e adereços e afins. Em setembro retomei o curso de teatro para o último módulo: RÁDIO, DUBLAGEM, TV E CINEMA. 

No dia 10/10 (2014) Dia em que seria o aniversário da minha mãe, enquanto eu estava nos corredores do Senac decorando um texto para a aula de TV meu cunhado liga: MINHA IRMÃ NOEMIA, TEVE UM INFARTO!!! Saí correndo, voando... Até ia me esquecendo de calçar as sandálias... 


Graças a DEUS, depois de quase um mês internada no INCOR-SP ...


Entre um carinho


e outro...


e mais outro...


(minhas irmãs Isabel e Noemia)
Agora ela etá bem. Graças a DEUS.

E enfim, no dia 29 de setembro tive o imenso prazer de postar em meu face a seguinte mensagem:

"Hoje dia 29/10/2014 UM DIA ESPECIAL PRA MIM
Finalmente, graças a DEUS, terminei o curso de Arte Dramática.
Afff, já não era sem tempo, rsrs.
Se foi difícil???
Não, não foi "SÓ" difícil, em alguns momentos parecia ser IMPOSSÍVEL.
Em outros momentos, ERA IMPOSSÍVEL MESMO!!!
Dificuldades a parte, agradeço a DEUS por mais essa etapa vencida, agradeço a todos os amigos/colegas de todas as turmas das quais fiz parte. Cada um a seu modo, todos foram importantes. Agradeço a quem acreditou no meu sonho, a quem torceu e orou por mim... 
Foi por causa de todos vocês que insisti, persisti, e VENCI!!!
Muito obrigada, de coração, a TODOS".

UHUUUU!!!




26/08/2013

LUTO

 
Esta é minha mãe.
 
 
Esteve dodói por um período, passou por grande sofrimento.
Enfim, descansou neste dia 19 de agosto de 2013.
Restou-me agora a saudade, além é claro, da certeza de que
tudo tem o seu tempo de ser, acontecer...
Como diria Rúben Alves:
Ela estava leve demais para as coisas daqui e então,
foi para um lugar onde tudo é leve.
 
Estou triste. Muito triste.
Coração pesado. Tão pesado que não suporto...
Mas sei que um dia, também ficarei leve e daí a gente se encontra.
 

28/10/2012

Livros ITAÚ

ADOREI os livros!!!
É bacana pra ter em casa, pra dar de presente e até pra LER!!!
Quem ainda não pediu, PIDA. É super fácil e vale muito a pena.

03/10/2012

 
 
 
 
 
 
 
O CARROSSEL ENCANTADO
Autora: Tatiana Robles
Ilustrador: José Paschoal
Editora: Novo Século
 
SINÓPSE: O carrossel de um parque bem distante do castelo real contém o encanto que pode salvar o reino dominado pela invejosa feiticeira Tábata. Tábata, usando uma cruel bruxaria, conseguiu roubar o trono de seu irmão, o rei Alexandre, e de sua esposa, a rainha Catarina, impondo a todos a ditadura da tristeza, na qual as risadas, as festas, as brincadeiras e o funcionamento dos parques de diversões são proibidos. Caberá a Felipe, o principezinho perdido, descobrir o encanto que está neste carrossel, conseguir a pedra do poder – o grande diamante azul – e derrotar Tábata. Prepare-se para uma história encantadora e surpreendente!

QUEM CONTA UM CONTO AUMENTA UM PONTO:
Comecei como sempre, com a história do meu nome que me foi dado, por sugestão da minha irmã Noemia, em homenagem à uma vaca que se chamava MARIANA... Melhor que Juventina (sugestão do meu PAI) e melhor que Hemengarda (sugestão de minha mãe).

Então começamos a história:
Era uma vez, num reino muito distante, num tempo em que os animais falavam e as pessoas os entendiam... O rei Alexandre e a rainha Catarina eram muito felizes e zelosos para com o povo do reino e, consequentemente, muito amados por todos. O rei, trazia consigo uma pedra mágica capaz de tornar realidade qualquer desejo real.


Recebiam todo tipo de presentes ofertados pelos súditos mas, ainda assim, faltava alguma coisa para que a felicidade fosse COMPLETA, ABSOLUTA... Faltava-lhes um filho!!!
Quando finalmente a rainha Catarina ficou grávida, todo o povo do reino enviavam presentes e mais presentes para o futuro bebe que também já era muito amado. Até mesmo os reis de outros reinos mandavam, através de seus mensageiros, presentes valiosíssimos para a alegria de todos aqueles que esperavam dia após dia o nascimento do pequeno príncipe que se chamaria Felipe.
Quando Felipe nasceu, foi um dia de muita alegria para todos, menos para Tábata, a feiticeira má e invejosa que era irmã do rei Alexandre e vivia entediada por ver tanta alegria. A megera que queria a pedra mágica que estava em poder do rei... teve um dia uma ideia assustadora: IRIA SE LIVRAR DO REI E DA RAINHA! Tábata preparou uma sopa, colocou como ingrediente uma substância que causaria forte alegia no casal, com eles adoentados, seria mais fácil atingir seus objetivos...

E... Assim prosseguimos com a história eletrizante escrita por Tatiana Robles...





 

14/06/2012

A VACA QUE BOTOU UM OVO


Tema: DIA DAS MÃES
Título: A Vaca que botou um ovo
video
Autores: Andy Cutbill
Ilustração: Russell Ayto
Editora: Salamandra
Tema Transversal: Pluralidade cultural, ética,
diversidade, amizade, amor, adoção, etc.

A Vaca que botou um ovo

Neste livro, a autora nos conta a história de uma vaca que se sentia rejeitada porque ela era a única do curral que não conseguia fazer nada de diferente (não sabia andar de bicicleta, nem plantar bananeira, como as outras vacas, também não sabia andar na corda bamba, nem cantar). Daí as galinhas, suas amigas, resolveram ajudá-la. E um dia, quando a vaca acorda, vê que tinha botado um ovo. Agora, Mimosa era a única vaca do curral capaz de botar ovos!

Mimosa vai descobrir que "ser mãe" é uma coisa extraordinária!

Essa história, cheia de dengos e mimos, traz como tema transversal a pluralidade cultural, ética, amizade, diversidade, amor, adoção, etc. A Vaca que botou um ovo nos faz refletir, repensar os nossos valores e, até quem sabe, entender que os nossos filhotes são nossos não só porque nasceram da nossa barriga ou, do nosso ovo. Mas porque nasceram em nossos corações.  
Ahhh! O ovo, rsrs, é um sabonete "FRANCIS". Tirei a marca raspando com uma faca lisa, fiz as manchas com tinta acrílica prta (pode ser tinta de tecido também) e passei duas demãos de vernis vitral para fixar a tinta. Só!!!



O LIMPADOR DE PLACAS

O texto narra a comovente história de um homem humilde, trabalhador e feliz.
Ele era limpador de placas de ruas, e ele gostava muito doque fazia. Sempre que
lhe perguntavam se faltava alguma coisa em sua vida,ele dizia de peito aberto:
 - Não. Não falta nada em minha vida.
Até que certo dia, após terminar uma das faxinas, observa uma mãe e seu
pequenino filho lendo o nome da rua e, querendo saber quem era "Guimarães
Rosa". A mãe explicou ao garoto que Guimarães Rosa foi um dos mais importantes
escritores do Brasil. Aquele diálogo entre mãe e filho despertou-lhe a curiosidade,
pois afinal, eleque diariamente encontrava-se com tantos nomes, não sabia ainda
quem eramos personagens que davam nomes às placas.
Eram escritores, generais, aventureiros ou trabalhadores?
O homem começa a estudar e descobrir milhões de histórias e novidades a partir
dos nomes lidos, conhecendo lembranças de famílias e fatos que modificaram e
construíram o passado do país. Os autores procuram apresentar a criança para o
próprio mundo desde cedo. Mostrando que há muito que ensinar e aprender a
cada esquina, que às vezes passa despercebido. E entre tantas esquinas das grandes
cidades, estações de metrô e praças, existem nomes de brasileiros ou não, que por
seus grandes feitos, merecem ser lembrados sempre.

29/05/2012

Flic Brinquedos EDUCATIVOS

Flic Brinquedos EDUCATIVOS em 26 de maio de 2012

Como sempre acontece na minha primeira vez em algum lugar:
O coração batendo forte e, na garganta. Bem perto da boca!!!
Vez ou outra, eu precisava me fixar no chão, como uma ESTACA.
As pernas bammmmbas queriam me derrubar...

O CATADOR DE PENSAMENTOS

Reconhecimento da área, do público... que era bem infantil para a história escolhida.
 Respirei fundo e, comecei desde quando o Sr. Rabuja nasceu, num país onde as pessoas só queriam profissões que oferecessem títulos importantes como: Doutor, Meritíssimo, Excelência, etc.
Então, o Presidente passou a DESIGNAR as pessoas, desde crianças, para os mais variados cargos.

Teve ATENÇÃO, INTERAÇÃO, ACOLHIMENTO, ESPERA...
Uma "espera DESESPERADA" que a história acabasse.

CURIOSIDADE...
...

...

Foi uma experiência difícil. Eu, "ELIANA-Ser" brigando com a atriz-contadora de histórias
que mora em mim... O tempo todo, todo o tempo.  

 
Enfim, o tããão esperado momento:  A MALA!!!


DESCOBRIMENTO


...
...
INDECISÃO

...MARAVILHAMENTO (palavra recém-inventada)

...
...O "COMPARTILHAR"
ESCOLHA...
DESFRUTAR...
USUFRUIR...