Seguidores

18 de fev de 2012

Pet a esperta

Um breve resumo da apresentação da história "Pet a Esperta" no shopping Cidade Jardim em 11/02/2012

Preparado o cenário para a história "Pet, a Esperta" de Lilia Iasi, saí pelo corredor do shopping a convidar as famílias a virem assistir à apresentação.
Também dei algumas voltas pela loja e, comecei como sempre, com a história do meu nome.
Acesos os sorrisos nos rostos de pequenos e grandes, chega a hora de Pet a Esperta.
Assim como nós, Pet também "começou" no coração de alguém. Depois foi para a cabeça e virou projeto, e depois se tornou real.
A ideia, o projeto, a realização desse projeto deu tão certo que Pet virou um sucesso!
Ela nasceu no meio de pessoas que gostavam muito dela e esperaram bastante tempo até que ela chegasse.
Pet era aninhada, acarinhada... o tempo todo e, gostava muito disso.
Quem aqui A-DO-RA um carinho? Adora se esparramar num colo bem aconchegante pra ouvir uma história antes de dormir, ou pra ouvir uma música, ou pra ser acarinhado?
(Muitas mãozinhas pra cima, muitos sorrisos nos rostinhos, muitos pares de olhinhos brilhantes...)
Quando a lata de Lixo Reciclável virou com a força do vento, Pet caiu no chão e foi levada pela água.
Depois de muito correr e percorrer um longo caminho pelo esgoto sujo, se sentindo perdida, sem saber o que iria acontecer com ela... Pet chegou a um rio.
No rio, ao ver um peixinho engasgado com um saco plático, ela percebe que o peixe está numa situação pior ainda que a dela!!!
O peixinho tinha se perdido dos pais, estava longe de casa, sozinho e ainda sem conseguir respirar! Pet, o ajudou tirando o plástico de sua boca... Ele foi embora felizzz!
Ao chegar num lugar cheio de muito lixo e um montão bem grande de outras garrafas como ela, Pet e todas as outras garragas foram "resgatadas" por um catador de "material reciclável" foram levadas a um grande depósito, lá receberam um bom banho e ficaram limpinhas novamente. Passaram por um processo de "desfazimento" e... Foram feitas novamente mas, desta vez, já não eram garrafas pet's... eram tecido!!!
Os tecidos que nasceram das garrafas, serviram para fazer roupas.
É. Isso mesmo! ROUPAS.
Roupas de frio, de calor.... e até roupinhas para bonecas!!!

Nenhum comentário: