Seguidores

10 de fev de 2012

Projeto: Dia da BRUXA

Onde tem bruxa tem fada.....
Bartolomeu Campos Queirós
Esta é uma história de fadas, mas uma história diferente. Numa linguagemextremamente poética,
o autor conta a história de uma fada que volta para o mundo de hoje –
que não tem mais lugar para as fadas. Os mágicos – ou bruxos e bruxas –
 fazem parte da alegoria que, sutilmente, critica aqueles que não sabem sonhar,
que trocam afantasia e os desejos puros por necessidades fomentadas artificialmente,
que só concebem um mundo registrado, carimbado, controlado.
As próprias crianças, acostumadas a isso, nem sabem mais identificar seus desejos.
Embora seja uma crítica perspicaz ao mundo moderno, o texto felizmente nos mostra um
contraponto e uma luz de verdadeira esperança: o fato de que nos sonhos –
ou seja, intimamente –, as crianças sabem que a fantasia é possível e necessária,
que o encantamento é mais importante do que a magia.
Além de propiciar um belo trabalho com a linguagem, o livro
abre portas para discussões fundamentais para aquele que será o adulto de amanhã.

Nenhum comentário: