Seguidores

8 de mar de 2012

Um Nó Na Cabeça- Rosa Amanda Strausz- FTD

Recebi um convite irrecusável: Apresentar alguns lançamentos da
Editora FTD nas Livrarias da VILA!!!
Bahhh! Adorei! Me senti honrada e, até importante, rsrs.
Um dos livros é Um Nó Na Cabeça da Rosa Amanda Strausz.
Apresentei a história do Tico no dia 28 de janeiro.
Um menino peralta que estava sempre aprontando alguma confusão.
Quando abrimos o livro, a história abriu os braços bem compridos e nos envolveu 
num abraço tããão gostoso que... Todos nós fomos morar dentro da história!
Todo mundo ficou sendo um pouco dono da história.



Num mundo muuuito distante, vive um carneiro-menino ou, um menino-carneiro.
E, como todo menino, esse menino tem um nome. O nome dele é...
- ARTHUR com "H"! Sugeriu um dos meninos presentes.
Bom, Arthur é muuuuito ocupado.
Durante o dia, Arthur faz tudo o que os outros meninos fazem. IGUALZINHO!
Ele...
-Anda de skate... (grita um garoto, levantando o braço)
-Ele solta pipa. (e as sugestões vão surgindo)
-Ele joga bola.
-O Arthur gosta de... de... de ajudar o jardineiro.
-...Toca bateria!
E assim, o nosso Arthur, menino-carneiro, ia fazendo coisas que a gente faz ou, aquilo que a gente gostaria de fazer. Mas além de todas essas ocupações, Arthur também tem um trabalho, ele é...
-Piloto de avião.
-Médico que cuida da cabeça das pessoas!
ISSO! O Arthur, piloto de avião, leva as pessoas pra voar num lugar longe, onde só se pode ir montado no sonho... E ele cuida da cabeça das pessoas, ensina as pessoas a terem imaginação pra depois conseguir sonhar!!!
-O sonho é igual um trem: em cada parte tem uma coisa... tem parte que tem pesadelo. Mas quando a gente quer sair do pesadelo, a gente pede pro maquinista abrir abrir a porta... daí a gente sai daquela parte e vai pra outra, onde não tem pesadelo!!! (isso quem disse foi a Valentina, linnnda, de 4 anos)
Quem aqui já pediu para o maquinista parar porque precisava muuuito "mudar de parte" no trem??? Rsrs...
Tem noites em que o nosso sono se esconde tão bem escondido que a gente procura ele por todo lado e não acha! Então a gente precisa que alguém ajude a gente a procurar o sono. É nessa hora que o Arthur vem!
Ele fica numa fila de carneiros, esperando a vez de também pular a cerca...
Mas, ele não tem paciência, então... Começa a procurar outras coisas além do nosso sono.
Ah, daí ele encontra um livro que tem uma história bacana que a gente gosta; encontra uma música guardada e esquecida na nossa lembrança... álbuns com fotos de pessoas de quem a gente tá com saudade...

E assim, Arthur, o menino-carneiro que tem Um Nó Na Cabeça foi trazendo lembranças boas que embalam o nosso sono, os nossos sonhos, a nossa realidade... Arthur, foi fazendo aparecer sorrisos. Ai, ai... BOMMM!
Um Nó Na Cabeça-Rosa Amanda Strausz

Um comentário:

rosa disse...

Que simpático, Eliana! Adorei.