Seguidores

17 de jun de 2009

Estrutura da narração

O texto narrativo tem três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão:
- Introdução: Apresenta as personagens, localizando-as no tempo e no espaço.
- Desenvolvimento: Através das ações das personagens, constrói-se a trama e o suspense que culmina no clímax.
- Conclusão: Existem várias maneiras de se concluir uma narração. Esclarecer a trama é apenas uma delas.

O que se pede: Imaginação para compor urna história cativante que entretenha o leitor, provocando expectativa. Pode ser romântica, dramática ou humorística.

Elementos básicos da narrativa: Depois de escolher o tipo de narrador que vai utilizar, é necessário ainda conhecer os elementos básicos de qualquer narração. Todo o texto narrativo conta um fato que se passa em determinado tempo e lugar. A narração só existe na medida em que há ação; esta ação é praticada pelos personagens. Um fato, em geral, acontece por uma determinada causa e desenrola-se envolvendo certas circunstâncias que o caracterizam.
É necessário, portanto, mencionar o modo como tudo aconteceu detalhadamente, isto é, de que maneira o facto ocorreu. Um acontecimento pode provocar consequencias, as quais devem ser observadas.
• Fato - o que se vai narrar (O quê?)
• Tempo - quando o fato ocorreu (Quando?)
• Lugar - onde o fato se deu (Onde?)
• Personagens - quem participou ou observou o ocorrido (Com quem?)
• Causa - motivo que determinou a ocorrência (Por quê?)
• Modo - como se deu o fato (Como?)
• Conseqüências - Geralmente provoca determinado desfecho.

Após definir os elementos da narrativa, basta organizá-los para elaborar uma narração.

Narração
Tem por objetivo contar uma história real, fictícia ou mesclando dados reais e imaginários. Baseia-se numa evolução de acontecimentos, mesmo que não mantenham relação de linearidade com o tempo real. Sendo assim, está pautada em verbos de ação e conectores temporais.
A narrativa pode estar em 1ª ou 3ª pessoa, dependendo do papel que o narrador assuma em relação à história.
Numa narrativa em 1ª pessoa, o narrador participa ativamente dos fatos narrados, mesmo que não seja a personagem principal (narrador = personagem).
Já a narrativa em 3ª pessoa traz o narrador como um observador dos fatos que pode até mesmo apresentar pensamentos de personagens do texto (narrador = observador).
a) o fato: que deve ter seqüência ordenada; a sucessão de tais seqüências recebe o nome de enredo, trama ou ação;
b) a personagem;
c) o ambiente: o lugar onde ocorreu o fato;
d) o momento: o tempo da ação.

O relato de um episódio implica interferência dos seguintes elementos:
fato - o quê?
personagem - quem?
ambiente - onde?
momento - quando?

Em qualquer narrativa estarão sempre presentes o fato e a personagem, sem os quais não há narração. Na composição narrativa, o enredo gira em torno de um fato acontecido.
Toda história tem um cenário onde se desenvolve. Desta forma, ao enfocarmos a trama, o enredo, teremos, obrigatoriamente, de fazer descrições para caracterizar tal cenário. Assim, acrescentamos: narração também envolve descrição.

Nenhum comentário: